Primeira Viagem ao Exterior

Se você for viajar ao exterior pela primeira vez, siga as dicas importantes que selecionamos para você:

viajar-ao-exterior

  • Passaporte – Em alguns países não é necessário o passaporte, como alguns destinos da América do Sul. Contudo, na grande maioria do mundo ele é exigido. Sendo assim, caso não tenha o passaporte ou ele esteja com a validade vencida, é necessário verificar isso o mais rápido possível. Uma greve na Polícia Federal ou problemas na emissão do documento podem por em risco sua viagem. Consulte com atenção as regras do seu país de destino, pois alguns pedem validade de 6 meses, outros, que o documento esteja válido para o período de viagem. Não corra o risco de sofrer deportação.

passaporte brasileiro

  • Visto e vacinas: Alguns países exigem visto para brasileiros. Nos EUA, por exemplo, não importa se ele não é o país de destino ou é só uma conexão: caso você não tenha o visto, não pode poderá embarcar. Há também, em alguns lugares, exigência de vacinas, principalmente contra a febre amarela.

ATENÇÃO: Segundo o relatório do Ministério das Relações Exteriores, quem for ao exterior trabalhar ou estudar, não pode utilizar o visto de turista. Neste caso o passageiro poderá ser preso e até deportado.

No site da ANVISA você pode verificar o que é necessário para obter a emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia – CIVP.

País Outras Recomendações
Afeganistão Exigência da vacinação contra a poliomielite até um ano antes da viagem
Argélia
Armênia
Angola
Austrália Vacinação contra febre amarela, passaporte com validade de pelo menos seis meses, entre outros
Bangladesh
Benin
Burkina Faso
Cabo Verde Portadores de passaportes brasileiros diplomáticos ou de serviço estão isentos do visto de entrada por um período de permanência de até 90 dias
Camarões Portar carteira internacional de vacinação contra a febre amarela
Camboja Turistas podem solicitar visto no momento de chegada “visa on arrival”
Canadá
Catar
China
Congo
Cuba É preciso portar seguro de viagem com cobertura de despesas médicas no País
Egito Visto também pode ser adquirido quando da chegada no Aeroporto do Cairo, ou mesmo nos postos de fronteira
El Salvador
Emirados Árabes Unidos
Estados Unidos Recomenda-se planejar a obtenção do visto com vários meses de antecedência em relação à viagem, antes de adquirir passagem aérea
Etiópia
Gabão
Gana
Índia Turista deve portar certificado internacional de vacinação contra febre amarela
Honduras
Irã
Iraque Visto concedido pelo Consulado do Iraque no Brasil
Indonésia Visto de turista pode ser obtido no aeroporto, desde que apresentado passaporte com validade mínima de 6 meses
Japão Como não há vôos diretos entre
o Brasil e o Japão, turistas devem prestar especial atenção às exigências de entrada ou trânsito do país no qual farão conexão ou escala aérea.
Jordânia Contar com visto de entrada aposto no passaporte ou solicitá-lo no aeroporto, mediante pagamento de taxa adicional
Líbano
Laos Turistas ingressando no Laos por terra ou pelos aeroportos podem obter visto no momento da chegada
Mali Portador de passaporte diplomático ou oficial está isento da exigência para ingressar no Mali
Moçambique Visto poderá ser obtido na Embaixada e inclusive nos aeroportos, ao  custo de US$ 82,00
Nepal Visto de turista poderá ser adquirido na chegada ao aeroporto
Nigéria
Quênia Na chegada ao aeroporto o visto poderá ser adquirido com entrada válida por um período não superior a três meses
República da Guiné Exigido certificado internacional de vacinação contra a febre amarela
São Tomé e Príncipe É preciso fazer requerimento de autorização de entrada para então ser expedido o visto
Vietnã
Tanzânia Vistos para turistas brasileiros, válidos por 90 dias são concedidos na chegada (aeroportos ou postos de fronteira

Dados do Ministério das Relações Exteriores

  • Tenha um Seguro Viagem: imprevistos acontecem a todo momento e é melhor estar previnido. Os gastos médicos com um braço quebrado nos EUA pode chegar a U$ 20.000  E, para boa parte dos países Euopeus, o seguro viagem é obrigatório, devido ao Tratado de Schengen.
  • Bagagem: Cuidado para não ser barrado no check-in ou pagar por excesso de bagagem! As regras para voos internacionais são diferentes dos voos nacionais. Verifique com sua companhia aérea quantos volumes e kgs poderá levar entre bagagem e bagagem de mão.Tente levar poucas roupas nas malas –  práticas e de fácil combinação. Mesmo se estiver frio no lugar de destino, vá de roupas leves por baixo, ainda mais se for trocar de cidade várias vezes.  No retorno ao Brasil, fique atento às Regras da Receita Federal. Os bens do viajante englobam tanto sua bagagem acompanhada e desacompanhada, quanto os bens excluídos do conceito de bagagem. A diferença entre ela é o tratamento tributário. Veja os detalhes no site da Receita Federal do Brasil.

bagagem_em_aeroporto

Previna-se, não deixe coisas importantes para a última hora e boa viagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s